Dia do Dentista – Dicas de escovação e sua importância

Desde o nascimento deve ser empregado o hábito de higienizar a cavidade bucal da criança. Isso é importante para evitar problemas como a cárie, por exemplo, que pode ocorrer caso essa higiene não seja realizada após a amamentação. Quando aparecem os dentes, a escovação já pode ser realizada.

Usar o fio dental e escovar os dentes devem ir da mão como os dois aspectos fundamentais do bom cuidado bucal e é importante seguir a técnica adequada para ambas as atividades. Usar as técnicas corretas de escovação, duas vezes por dia, e usar o fio dental diariamente, ajudará a promover a saúde bucal a longo prazo.

Incluso se você escovou seus dentes e usou o fio dental desde a infância, é provável que com o passar dos anos tenha desenvolvido alguns hábitos inadequados, tais como fazer uma escovação muito forte, descuidar os dentes posteriores e esquecer o uso do fio dental.

Que técnicas de escovação posso ensinar a meus filhos?

Observe seu filho escovar os dentes. Auxilie-o até que ele se habitue ao seguinte:

  • Use uma pequena quantidade de creme dental em conformidade com as orientações de seu dentista ou pediatra. Em cremes dentais com flúor não deixe a criança engolir na escovação.
  • Use uma escova de cerdas macias e escove primeiro a superfície interna de cada dente, onde o acúmulo de placa é geralmente maior. Escove suavemente.
  • Escove a superfície externa de cada dente. Posicione a escova em um ângulo de 45 graus ao longo da gengiva.
  • Escove com movimentos para frente e para trás.
  • Escove a superfície de cada dente usada para mastigar. Escove suavemente.
  • Use a ponta da escova para limpar atrás de cada dente frontal, na arcada superior e inferior.
  • Quando a criança deve começar a usar o fio dental?
    O fio dental remove as partículas de alimentos e placa bacteriana que se instala entre os dentes e que a escova sozinha não consegue retirar. Por isso, comece a usá-lo quando a criança tiver quatro anos. Ao completar oito anos, as crianças já podem usar o fio dental sem auxílio dos pais.
  • O que é selante dental e como saber se meu filho precisa usá-lo?
    O selante dental cria uma barreira altamente eficaz contra as cáries. O selante é uma película fina de plástico (resina) aplicada à superfície dos dentes permanentes posteriores, onde a maioria das cáries se forma. A aplicação do selante não dói e pode ser feita durante uma consulta ao dentista. O dentista poderá informar se é recomendável fazer esta aplicação nos dentes de seu filho.
  • O que é o flúor e como saber se meu filho está recebendo a quantia certa de flúor?
    O flúor é uma das melhores maneiras de evitar as cáries. Trata-se de um mineral natural que se combina com o esmalte dos dentes, fortalecendo-os. Muitas empresas de distribuição de água adicionam a quantia de flúor adequada ao desenvolvimento dos dentes. Para saber se a água que você tem em casa contém flúor e qual a quantidade de flúor que apresenta, ligue para a empresa de distribuição de água no seu município. Se a água que você recebe não tem flúor (ou não contém a quantidade adequada), seu pediatra ou dentista poderá recomendar gotas de flúor ou um enxaguante bucal, além de um creme dental com flúor.
  • Qual é a importância da alimentação na saúde bucal da criança?
    Para que seu filho desenvolva dentes resistentes, é necessário que ele tenha uma alimentação equilibrada. Sua alimentação deve conter uma ampla variedade de vitaminas e sais minerais, cálcio, fósforo e níveis adequados de flúor.
  • Assim como o flúor é o maior protetor dos dentes do seu filho, as guloseimas são seu maior inimigo. Os açúcares e amidos que fazem parte de vários tipos de alimentos e de bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes e batata frita combinam-se com a placa bacteriana produzindo substâncias ácidas. Estas substâncias atacam o esmalte e podem formar cáries.
  • Cada “ataque” pode durar até 20 minutos, após o término da ingestão do alimento. Até as “beliscadas” podem criar ataques ácidos da placa. Portanto, é recomendável não comer entre as refeições.
  • O que fazer se meu filho quebrar um dente? 
    Em qualquer caso de ferimento na boca, você deve comunicar-se imediatamente com o dentista. Ele fará um exame na área afetada e determinará o tratamento adequado. Você pode dar um analgésico para evitar que a criança sofra até chegar ao consultório.
  • Se possível, guarde a parte quebrada do dente e mostre-a ao dentista. No caso de cair o dente em razão de um acidente, leve-o ao dentista o mais rápido possível. Evite tocar muito no dente e procure não limpá-lo. Coloque-o em água ou leite até chegar ao consultório do dentista*. Em alguns casos é possível reimplantá-lo.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.